terça-feira, 22 de novembro de 2011

DIVULGAÇÃO | O Coração dos Heróis (David Malouf)

Título no Brasil: O Coração dos Heróis (2011)
Título Original: Ransom (2009)
Tradutor: Paulo Polzonoff
Autor: David Malouf
Edição: 
Número de Páginas: 232
Editora: Editora Leya
ISBN: 9788580442922

SINOPSE: A batalha entre Gregos e Troianos não termina em chamas. Existe sofrimento, tristeza e redenção no coração dos guerreiros...Quando todos acreditavam que as chamas que engoliam Troia eram o pior a se esperar, eis que Aquiles, possuído pelo desejo de vingar a morte de seu tão estimado Pátroclo, mata Heitor e arrasta seu corpo durante onze dias em sua carruagem, perto das muralhas da cidade. Nenhum grego ou troiano ousa impedir o feito, a não ser o pai de Heitor, Príamo, rei de Troia, que precisa se despir de seu orgulho e grandeza e se dirigir ao território inimigo a fim de resgatar o corpo do filho. Um poderoso romance sobre a guerra de Troia, em que os humanos são muito mais que joguetes nas mãos dos deuses e no qual os sentimentos disputam acirradamente o domínio sobre o coração de cada grande guerreiro em campo de batalha. 


MINHAS OBSERVAÇÕES...
Transformar uma obra literária, escrita originalmente em versos e reconhecida mundialmente, em uma envolvente narrativa. Essa foi a grande realização do escritor australiano David Malouf em “O Coração dos Heróis” que usa a prosa para repintar à sua própria essência, Ilíada (um poema épico que fala sobre a Guerra de Tróia e que tem sua autoria atribuída à Homero).
Já aclamado pela crítica ao redor do mundo, David Malouf recria em seu livro o pedaço final da guerra entre Gregos e Troianos, com seus grandes guerreiros, combates sangrentos e a narrativa focada em duas figuras chaves: Aquiles (o herói grego) e Príamo (o Rei de Tróia). A cena principal para movimentar as engrenagens do livro é a busca de vingaça por Aquiles e a jornada de Príamo, para recuperar o corpo de seu filho. De certa forma violento, implacável e arrabatador, o livro recebeu ótimas críticas e já é um best-seller. Considerado ‘lírico, inteligente e gentil’ pelo jornal inglês The Guardian em 2009, as 256 páginas trazem uma história abrilhantada pela forma como o autor escreve.
E isso não é à toa. Ele não compilou o longo poema de Homero em uma versão que poderia ser considerada um mero resumo. Ele deu forma à inovações que não serão lidas em Ilíada, o que em minha opinião, tornam esse livro tão interessante, de leitura fácil e altamente viciante pelo desenrolar dos acontecimentos. Eu adorei as primeiras páginas e não vejo a hora de ler o livro completo. Não há o que falar sobre velhas histórias serem monótonas quando lemos essa recriação em palavras dos últimos dias da Guerra de Tróia. É envolvente, contagiante e simplesmente imperdível!

5 comentários:

Carolina. disse...

Eu gostei Bastante!

Beijokass!

http://clubedelivro.blogspot.com/

Náh disse...

Puxa* Outro livro que eu não conhecia e que parece o máximo!
E, Annie, você escreve muito bem! Boa sorte com o blog!

Beijinhos,
Náh

virginiadeob disse...

Já vi este livro diversas vezes em lojas virtuais e nunca me interessei, depois dessa resenha não tem como deixar de ler esse livro.
@virginiadeob

Pedrov disse...

até o título é incrível...

carlos valdeir disse...

Adoro histórias de guerras, ah diversos livros com o gênero, mas O CORAÇÃO DOS HÉROIS realmente é um dos melhores. As batalhas geralmente são por conquista de territórios e vingança. Os livros que fazem mais sucesso hoje em dia são aqueles em que possuem um toque de mitologia. Esse livro tem tudo para ser sucesso de vendas... Vou correndo comprar um exemplar. Adoro inovações e essa sériamente é a melhor! Adorei as observações e concordo plenamente! Parabéns por suas postagens, são ótimas!

Postar um comentário

Já comentou? Não? Então comente!!
Você alegra o meu dia quando deixa um comentário para mim! =)
E não esqueça de deixar o link do seu blog!